Café como pré-treino: benefícios, como tomar e precauções

Aquele cafézinho na parte da manhã é ótimo para te dar força para fazer as atividades do dia, não é mesmo? Quem faz isso, sabe que a resposta da cafeína no organismo é a melhor maneira  para dar a energia que precisa para realizar os seus afazeres rotineiros.

Isso não seria diferente quando falamos de treino. O café é um agente excelente para manter a sua disposição  enquanto se pratica um exercício físico, então, recomendamos sim a adição dele em seu pré-treino.

Continue a leitura para entender mais sobre os benefícios, precauções e como tomar o café em seu pré-treino:

LEIA TAMBÉM: A ORIGEM DO CAFÉ NO BRASIL

Benefícios do café como pré-treino

Os profissionais indicam o consumo do café antes de seu treino, porque quando a cafeína entra no sangue, acontece a conexão entre ela e os receptores de adenosina do seu cérebro, a qual é responsável por controlar o sono e que também pode influenciar o seu aprendizado e a sua memória.

O que acontece em seu organismo? Esses receptores, com o contato da cafeína, diminuem as doses de adenosina de um modo que estimula o seu corpo. O resultado disso é a adrenalina tomando conta de você, exatamente o que se precisa para a hora do treino.

Mas além disso, existem outros benefícios desse pré-treino milagroso:

  • Ganho de força, porque o café aumenta a sua resistência;
  • Redução da fadiga, o seu corpo se sente mais disposto e ágil;
  • Com o metabolismo acelerado, a sua perda de gordura e o emagrecimento acontecem muito mais rápido;
  • A cafeína dilata suas veias respiratórias e estimula o seu cérebro, assim você tem um ganho na respiração e mais concentração.

Como tomar e encaixar o café em seu pré-treino

Todo estimulante, quando ingerido, tem um prazo para que seu efeito seja percebido no organismo. No caso do café, o pico de concentração no sangue ocorre entre 15 e 45 minutos depois do consumo, por isso é recomendado ingerir cerca de 30 minutos antes de treinar.

Em termos de quantidade, pode variar de acordo com os produtos ou pó de café que está sendo consumido. Mas o recomendado é ingerir uma dose de 2 mg a 6 mg de cafeína por quilo, ou seja, cerca de 280 mg para uma pessoa com 70 kg. O mais comum para quem quer inserir esse pré-treino em sua rotina é iniciar em doses pequenas e aumentando conforme o seu organismo for criando tolerância.

Mesmo com essas dicas, o ideal é calcular a quantidade que você precisa ingerir levando em consideração o  seu peso corporal. Além disso, você deve se atentar ao tipo de café que está sendo tomado, pois a concentração de cafeína varia de acordo com o método de extração ou produto fabricado. Um nutricionista é a melhor indicação para te ajudar a iniciar a consumação desse pré-treino.

E o pós-treino?

Como vimos, a cafeína no pré-treino é recomendada para quem quer emagrecer, já no pós-treino, é recomendada para quem quer ganhar massa muscular. Depois do treino, o café aumenta o transporte de açúcares para dentro do músculo. Além disso, a cafeína auxilia na recuperação muscular, te deixando mais preparado(a) para o próximo treino.  E é claro, procure sempre um nutricionista para te guiar no consumo do café em seu pós-treino.

Precauções que devem ser tomadas com o consumo de café no pré-treino

Tudo em excesso pode causar danos prejudiciais à nossa saúde, com o café você pode sentir sintomas de insônia, ansiedade, aumento nos batimentos cardíacos, nervosismo em níveis altos, dor no estômago, dor de cabeça e diversos outros efeitos colaterais.

Alguns estudos apontam que a quantidade segura que a maioria das pessoas podem consumir é de 400 mg de cafeína por dia. Alguns grupos que devem evitar esse consumo são mulheres grávidas ou amamentando, crianças, indivíduos que sofrem de pressão alta, doenças do coração ou úlceras no estômago.

Consulte um nutricionista para saber se o café é mesmo ideal para os seus pré-treinos e, se sim, como inserir na sua dieta.

Hoje é o dia nacional do café e nós, como fiéis amantes, separamos os melhores preços e variedades para você se deliciar, dá um gimba!

Deixe um comentário